Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário de uma Pandemia

Diário de uma Pandemia

Março 24, 2020

Paulo Pinto

Dia 11, 24 de março. Mais um dia. Portugal tem oficialmente 2362 casos de infeção e 33 mortes. O que se passa no Brasil é um susto, mas tento não me fixar demasiado nas notícias que vão chegando. Gerir as rotinas e assegurar o horizonte próximo são as principais preocupações de quem não é médico nem está na "linha da frente", vive confortavelmente e não está em risco de perder o salário, como é o meu caso. Hoje tive que sair para resolver um pequeno percalço em casa dos meus pais e ir às compras. No Continente há longa fila para entrar. No Aldi, não. Prateleiras vazias, algumas. A lixívia já desapareceu. Imagino o estado em que devem estar tantas mãos por esse país fora. Trânsito, algum, enfim, à escala local. Noto maior agressividade nos condutores, apitam, aceleram, entram a direito nas rotundas, ninguém faz pisca para virar. Menos gente parece significar que "a estrada é minha, vcs vão para casa, que andam aqui a fazer?". Do meu centro recebo um pedido de preenchimento de questionário sobre o andamento dos projetos e avaliação do impacto na sua execução e implementação. Um dos que coordeno está suspenso, o outro, que é a edição de um volume, prossegue. No dia em que isto voltar ao normal vai haver engarrafamentos de muito tipo, o tempo que agora é lento e longo tornar-se-á subitamente fulgurante e curto. Talvez aprendamos, no fim, a geri-lo de forma mais racional e menos bipolar.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D